vendas@mmtools.com.br 31 98481-6695 31 2535-5836

Blog

O número de reclamações de clientes aumenta sobre serviços de estética

O número de reclamações de clientes aumenta sobre serviços de estética

Pense que você está em salão, ou barbearia ou em uma clínica de estica. Ao esperar ser atendida, você percebe que o profissional que ia te atender não descartou ou fez o procedimento de esterilização dos materiais. Você iria querer arriscar sua saúde para realizar um atendimento nesse estabelecimento?
Muitas pessoas não ligam para esses tipos de cuidados, alguns falam que é frescura, mas você sabia que pode haver transmissão de micose por simplesmente compartilhar a mesma lixa ou palito de unha? Fora as micoses, você pode adquirir doenças mais graves como hepatite, infecções e até aids.
Por esses motivos a Anvisa está preocupada com o aumento das reclamações de clientes sobre os serviços de estética e bem-estar e prepara uma regulamentação nacional para o setor. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária faz um levantamento semestral das principais reclamações em serviços, como clínicas de SPA, salões de beleza, massagens. No primeiro semestre deste ano, recebeu 409 reclamações, 57% (232) foram contra salões de beleza e serviços de estética. São queixas de falta de higiene com alicates de unha e reutilização de cera depilatória, por exemplo.
Cada estado tem uma regra da vigilância sanitária local, mas há cuidados básicos que sempre devem ser respeitados em um salão de beleza. Os alicates devem ser esterilizados e os clientes têm que ficar de olho também nos produtos usados no cabelo. Eles têm que ter um registro ou uma notificação da Anvisa na embalagem.
Outra reclamação frequente é sobre o uso de formol nos cabelos. O produto toxico que já é proibido no Brasil. Os donos dos salões têm que deixar isso muito claro. No caso das unhas, os kits com creme, palitos e lencinhos também devem ser descartáveis.
O gerente geral de serviços de saúde da Anvisa explica que a agência está preparando uma regulamentação nacional, com a criação de regras gerais para unificar as medidas de higiene. “Cada estado, cada município pode fazer a mais regras, mas o mínimo a Anvisa está definindo. A expectativa é que os produtos utilizados, na verdade os instrumentos utilizados e as práticas desenvolvidas, sejam mais seguras em uma conformidade no Brasil todo”, explica Diogo Penha Soares, gerente geral de serviços de saúde Anvisa.
Se você é proprietário ou funcionário de um salão de beleza ou de estabelecimentos similares, deve ficar ligado as normas estabelecidas pela ANVISA. O não cumprimento destas normas poderá acarretar multas ao seu estabelecimento e em alguns casos até mesmo a prisão.
Todo cuidado é pouco e as vezes aquele estabelecimento sem fiscalização cobra muito mais barato para realizar certos serviços, um barato que sai caro! Não vale a pena arriscar sua saúde para ficar bonita (o).
Portanto, pesquise os salões que façam todos os procedimentos higiênicos, tente levar sempre seus materiais e nunca compartilhe eles com desconhecidos.
Fonte: http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2016/10/anvisa-prepara-regulamentacao-para-servicos-de-beleza-e-bem-estar.html

O One Beleza & Bem Estar é o melhor software de gestão para salão de beleza, barbearia, clínica de estética ou até mesmo um SPA. Estamos revolucionando o mercado de beleza do Brasil e, em breve, do mundo.

2 comments

  1. Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉

    • Olá Felipe, tudo bem? Agradecemos o elogio e faremos de tudo para trazer mais conteúdos de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *